domingo, 27 de junho de 2010


Hoje estive pensando a respeito de minhas lembranças
E só então percebo do que sou feita.
Riso,Dor,Pouco silêncio,Amor extremo,Fé,Ilusão...
Dívidas...afinal de que vale o pouco dinheiro?

E quando meu ser inútil entende o quanto é minúsculo diante do universo
Procuro um refúgio forte e alto
Onde minha capacidade humana não alcança,
"O Esconderijo do Altíssimo!"
É lá onde prefiro estar .

É o lugar onde posso alimentar a alma
Sem pedir autorização pra transcender os céus
Sem títulos,sem religiosidade,sem prisões ou rótulos
Onde o que é puro esta ao meu alcance
Aí então meu ser descansa por um breve instante e encontro minha paz!



Rani.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget