quinta-feira, 22 de maio de 2008

"Teatro das sombas-One Slowdance

"Não vá se arrepender do que passou,Nãó vá tentar mudar o que o relógio já parou,E o que foi que você fez para querer desistir assim?Queria te imaginar longe dessa prisão que o tempo impôs.
Não mova o silêncio até os teus lábios,Diz pra mim o que te faz pararNeste horizonte de inverno,saiba que eu estarei lá no final por você......e por mim.
O mundo e uma peça homens e mulheres não mais que meros atores, que entram e saem de cena e durante toda a sua vida nao fazem mais do que desempenhar alguns papéis.Por isso estamos nesse absolutismo , ganha quem tiver mais pontos em rancor, sendo assim sinto-me preparado a perder e ja que o tempo nao volta mais atesto a minha coragem e prevaleço com a minha ética, sempre com tudo assumindo a minha ignôrancia e como já dizia socrátes , o mais inteligente é aquele que sabe que nao sabe, por isso mesmos desconheço o que digo.Eu vou parar o tempo pra nao ter que mais voltar atrás e me perder outra vez em mim, em mim, é , outra vez em mim.
Dm- One SlowDance

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget