domingo, 23 de outubro de 2011

Traição

" ...Eu só quero estar, querida, com você...meus olhos não são azuis, e não há nada que eu possa fazer..." - Blur- On The Way To the Club


O silêncio fala, quase grita. É frustrante. 

O poder que as palavras retem de mudar o ambiente em sua volta é sobrenatural. Doem as têmporas de tanto pensar, doem os olhos e os ombros, mas é um peso necessário, caras com eu gostam de responsabilidades e desafios, gostam do medo.

Traio meus heróis mortos quando utilizo da violência, principalmente das palavras, é como se rasgasse seus versos, ou calassem suas vozes. Respiro fundo e cometo um ato de coragem e covardia. Peço perdão.

Ela segue, está fria, evita-me.
Volto atrás, não quero perde-lá.

Imagem: fonte




Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget