segunda-feira, 10 de maio de 2010

Maldição

Ando sombrio, ando com punhos fechados, tão mais calado que o normal, com vontades inescrupulosas, tudo me doi , e todas as pessoas que me cercam, são hipocritas e imaturas, suas intenções fogem , pulam as cercas,por vezes esqueço-me que tudo o que fazemos  é para o nosso proprio bem, maldição de Nietzche, ego que nos faz querer mais e mais a cada instante.

Um comentário:

Rani disse...

Adoro seus textos! quando eu crescer quero se assim! rs

Ocorreu um erro neste gadget