segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Release

Realese

Fazemos canções por expressão pela necessidade de ser dizer algo que estava entalado na garganta, contando coisas que nos acontecem, imortalizando pessoas que queremos que sejam eternas, travando batalhas por corações e mentes, fazemos de nossos versos paredes, que nos protegem da solidão e das frustrações que o diário dos passos da vida nos leva.

“O álbum “A Parede das Palavras” tem como intuito demonstrar nossos pensamentos e nossas verdades, canções como” Teatro das sombras” e “Metáfora” mostram o pensamento humano, falam do tempo e das prisões que ele nos impõem mas também questiona o quanto nos escondemos ou tememos dizer as coisas escondidas dentro dos nossos pensamentos.A musica “Fábricas?”Questiona o nosso real interesse das coisas e se não somos afinal fábricas de desejos e paixões superficiais, sempre produzindo coisas insensatas”. As musicas “Acaso” e “Agora” são bem românticas, mostram uma parte mais sensível da banda, retratando relacionamentos passados, mais marcantes.



Nossa juventude mostra-se muito superficial e abstrata, apesar de toda a informação que tem, prendem-se nas telas do computador e da televisão e apenas copiam seus falsos heróis tentando assim encontrar a si mesmos em outras pessoas, não, não viemos mudar o pensamento de ninguém, mas sim fazer as pessoas refletirem sobre as reais intenções e necessidades que cada individuo vive.



Então seja bem vindo à “Ubber” e expresse-se, pois é essa a nossa intenção.



David Rangel.





Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget