quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Ainda não fomos levados a serio!( Tiririca para deputado?)

Tiririca para deputado federal?

Que diabos esse cara acha que esta fazendo?

Imagino que essa figura crê que só por causa da sua fama como humorista acha que pode fazer bem ao povo. O que vejo nisso é um insulto a intelectualidade e a inteligência da população, mesmo com um gral de instrução academica baixissimo Tiririca crê ( talvez pela fé não é possivel) que possa agregar mais valores ou resolver os problemas politicos, e com seu slogan " Pior do que está não fica" ele mesmo já se denuncia, prevendo que se não piorar vai continuar a mesma coisa.

O pior é que existem pessoas que acreditam nesses caras apenas pela sua fama.

Talvez esse infeliz não tenha percebido que sua alçada esta no humor, que por sinal é muito ruim,e ainda por cima não faz a menor noção do que ira fazer se caso, ( que tenham piedade de nos) conquistar o poder.
Sua fama de humorista mascara a real intenção do ser, satisfazer apenas a si mesmo. Sim óbvio, ganhando muito bem odinheiro público, sem um gral de intrução que deveria ser obrigatório nessa função pública.

Friso essas pessoas não estão nos levando à serio, não entenderam que os padrões estão mudando novamente, teremos pessoas cada vez mais criticas  e severas eles insultam, digo novamente, nossa inteligência desse modo, achando que tudo sera sempre levado com a barriga. Uma sina que persegue o brasileiro.

3 comentários:

Jaqueline de Marco disse...

Esses dias eu li uma entrevista dele para a Folha de S. Paulo e, meu, fiquei com medo... vai que ele ganha! A candidatura dele é uma brincadeira que o povo está comprando. Uma pena!
Ótimo post, David. Um beijão, querido!

Pensamentos disse...

Já q um dia um rinoceronte ganhou,pq não o Tiririca?
Vamos rir d tudo mo final,creio eu...

Ju Macedo disse...

Pelo menos ele é sincero. Não sabe o que um deputado faz, e diz. Não se faz de intelectual, preocupado e sério, como os outros que no fim só querem ganhar bem. (Isso quer dizer que sou a favor da candidatura dele, ou não.)

Ocorreu um erro neste gadget