sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Feliz Dia Dos Prostitutos

“O publicitário trabalha à noite e nunca tem hora pra sair, a prostituta também. Ele é pago pra fazer o cliente feliz, ela também. O cliente gasta uma grana, mas seu empregador fica com quase tudo, no caso dela, também. O publicitário é recompensado quando realiza os sonhos dos clientes, ela também. Os amigos do publicitário começam a se afastar quando ele passa a ir pro bar com outros publicitários, os amigos dela também. Quando o publicitário tem uma reunião com um cliente, ele tem que engolir tudo ou quase, já ela…bom… talvez cobre a mais por isso. Quando o publicitário chega em casa parece que ele está voltando do inferno, ela também. O cliente sempre quer pagar menos, mas espera coisas incríveis do publicitário, no caso dela, também. Quando as pessoas perguntam sua profissão, o publicitário sempre tem uma certa dificuldade em responder, ela também. Todo dia que o publicitário acorda, ele diz: “Eu não vou passar o resto da minha vida nisso”… a prostituta também. Se você é publicitário (e não adianta negar), você é um profissional prostituído, mas saiba que você não está sozinho nessa.”

Fonte: O Pequeno Guru
Foto: Aline Moraes em - Amor em 4 Atos.

Trabalhando em uma pequena agência de marketing digital me dei com essa realidade: somos tratados como nada e isso acontece inúmeras vezes.

A faculdade, como sempre, encanta os corações mais apaixonados. São perfeitos em vender sonhos, mas é isso o que você acaba aprendendo posteriormente: apaixonar, virar referência e sempre encantar. Mas quando você chega no mercado de fato, na sua área, percebe que se não tiver pulso firme nada vai acontecer. Percebe que na maioria das agências, os clientes não passam de fregueses, suas contam tem verbas minúsculas e eles esperam verdadeiros milagres. Nas agências pequenas não tem sala de game, nem sofás para aquela relaxada pós job. E se alguém quiser um café, será melhor saber fazer. Mas é aquilo: se você é realmente apaixonado pela profissão criará alguma coisa boa que o fará trabalhar com o que gosta.

Basta uma coisa: correr atrás!


Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget