domingo, 13 de fevereiro de 2011

Bagagem demais


Muitas vezes eu acho que carrego bagagem demais para essa idade. Penso que talvez devesse preocupar-me com coisas mais fúteis, logo seria mais feliz.
São pesados livros de teorias de conspiração e todos eles crêem que possuem a razão e a chave para ser perfeito. Essa sina de perfeição me prende a princípios morais quase inúteis na nossa sociedade. Ora o que é para ser levado a serio, não é e não será levado a serio.
Talvez eu tenha pensamentos profundos demais para essa época, isso não seria de todo um mal, mas dói e frustra bem mais do que aparenta não ser compreendido. Ou talvez eu reaja de forma ruim as criticas. É deve ser isso, afinal não sou nenhum gênio e não mereço méritos por ser solitário demais.

Todos têm razão!

O que complica tudo, é que todos acham que as suas razões são mais sabias do que as das outras pessoas. Eis conflitos banais. Defini-se isso como respeito, ou melhor, a falta dele.

Mas de certa forma a um porque por trás de tudo isso. Ninguém quer ficar só, e estar certo de algo,ser convicto de algo, aproxima pessoas apaixonadas pelos seus ideais e pensamentos.

Creio que não tenha escrito nada com nada.




Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget