terça-feira, 15 de setembro de 2009

"Maio de 68"


" Nas barricadas dos desejos"

Eu tenho vergonha por não ser como esses jovens franceses ,jovens rebeldes , no sentido de dar mais valor as coisas que realmente importam, liberdade!
liberdade de um pensamento, liberdade de expressão.
Com suas frases pixadas nos muros de Paris , eles mostravam pro mundo o que é ser jovem.Hoje em dia as liberdades são confundidas com pornografia, e em se usar drogas ilicitas, afim de ser achar rebelde por isso.Minha juventude reclama , mas não sabe do que.Não sabe nem por onde.
Coisas como-SEJAM REALISTAS, PEÇAM O IMPOSSIVEL!- me excitam,emocionam-me, mostram que esse mundo precisa cada vez mais de cultura.

  • "A sociedade nova deve ser fundada sobre a ausência de qualquer egoísmo e qualquer egolatria. O nosso caminho será uma longa marcha de fraternidade" maio de 68,Paris

3 comentários:

Manu * disse...

Eu concordo. Todo mundo reclama, mas não sabe de que e também não faz nada :P Se "revoltar" desse jeito é fácil! huahuauh

Queria ter sido parte da juventude setentista, ôôô como eu queria :(((

Bjo querido, boa semana :)

Manu * disse...

Então, eu mesma sou bem leiga se tratando de Blues "puro", sabe... Não sei o que vc conhece de Blues, mas tem o clássico né: Robert Johnson, B.B. King e tal. Eu mesma conheço mais o Blues Rock, que tá mais presente naquelas bandas antigonas, tipo Janis, Hendrix, até Beatles mesmo, algumas músicas, Eric Clapton...

E tem as bandas mais novas que tem algo de Blues misturado ao rock e ao punk, tipo o White Stripes mesmo, Raconteurs... Eu particularmente adoro The Von Bondies, que tem bastante blues no meio. Sei lá, vai de vc ouvir e vê se curte, haha

Bjo, espero ter ajudado :P

Bandas_A_Z disse...

Tô na facul!
Já já leio! :D

kkkkk

(LL)

Ocorreu um erro neste gadget