sábado, 25 de setembro de 2010

Ser, Ser, Ser...

Os homens são todos iguais,
são fabricas de desejos e paixões.
em constante luta entre si, por prestigio e privilegio.

Nos achamos racionais.
mas qual a racionalidade de se acumular tanto para no fim ser um punhado de átomos?

Estamos esperançosos pelo paraíso
Estamos ansiosos por liberdade.
Mas com isso privamos as outras pessoas de serem livres.
Afinal a liberdade é limitado pelo seu próximo.

No fim queremos as mesmas coisas.Poder.

dominar está é a nossa sina.
 Ser o melhor e exclusivo.
Ser o primeiro.
Ser o melhor.
Ser, Ser , Ser.



Um comentário:

Sombras de Anjos disse...

Oie!!
Descreveu certíssimo o homem...sem colocar e sem por palavras !
perfeito amigo!
Parabéns !!

Ocorreu um erro neste gadget